Uso de Celular: Existe postura Correta?


Um estudo publicado em 2020, realizado com mais de 1400 indivíduos (idade média de 40,5 anos), identificou que aqueles que fazem uso excessivo de smartphones (em flexão de cervical) eram aproximadamente 6 vezes mais propensos a ter dores no pescoço. Outros estudos também relacionaram flexão de cervical com dor (Gacnie et al, 2007; Alsalameh et al, 2019). Apesar disso, Damasceno e colaboradores (2019) pesquisando 146 indivíduos não relacionou dor e uso do celular com cabeça baixa em indivíduos de 18 a 21 anos. Diante disso. Realizar postura de flexão de cervical para uso de celular ou outras atividades parece ainda estar relacionado a incômodos musculoesqueléticos. Portanto, utilizar o computador no lugar do celular além de apoios para evitar permanecer por muito tempo de cabeça baixa ainda parece ser a indicação mais adequada. Entretanto não precisamos ficar com a postura robotizada, principalmente em momentos de lazer. Manter uma rotina de exercício físico ainda é a melhor indicação para combater dores e desgastes musculoesqueléticos. Porém podemos tomar cuidado com posturas mantidas por horas de estudo ou trabalho e evitar uso de celular excessivo sem necessidade. Que tal olhar para o céu de vez enquando e quebrar a rotina de ficar sempre olhando pro ”cell”?


Danyelle Pelet

Fisioterapeuta

Reeducação postural e tratamento da escoliose



Referência da Cohort: Erakhshanrad et al. Neck pain associated with smartphone overuse: cross sectional report of a cohort study among office workers. European Spine Journal. 2020

Posts recentes

Ver tudo